Arquivo da tag: pedalusp

A Linha Amarela “amarelou”

Talvez o leitor não saiba, mas quando testamos o pedalusp, estávamos também destinados a ir até o centro da cidade, de metrô, utilizando a nova linha, Amarela, administrada pelo consórcio Via 4.

Todos aqueles que conhecem a dificuldade que é chegar ao centro da cidade, por qualquer um de seus corredores: Teodoro Sampaio, Rebouças, 9 de Julho ou Augusta. Atualmente, pelo grau de trânsito da cidade, meio que impossível fazer esse trajeto em menos de 60 minutos. Talvez, em um dia ou outro, 45 minutos seja admissível.

metrô-linha-amarela-luz

Pois bem. Meu destino era justamente a estação final (ou inicial) da linha, a Estação da Luz. Do momento de fechamento na estação Butantã até a abertura na estação da Luz foram exatos 12 minutos. Futuramente este tempo irá aumentar, visto ainda existirem algumas estações fantasmas no caminho.

Tudo isso seria perfeito e levaria as idas ao centro da cidade a um patamar jamais imaginado pelo mais velhos moradores do tradicional bairro da região oeste paulistana. Mas nem só de flores vive a linha amarela.

Continue lendo

Testamos o Pedalusp

Depois de mais de um ano de participarmos do lançamento do protótipo do Pedalusp, aqui mesmo no Vivendocidade (Leia aqui), experimentamos o sistema.

Depois de ficar instalado na Escola Politécnica, o Pedalusp agora está no Portão Principal da USP, no Centro de Visitantes, e na Estação Butantã do Metrô.

pedalusp-usp-bicicleta

Hoje aproveitei várias situações que tornaram possíveis a utilização do sistema. Carro no mecânico e necessidade de estar no centro da cidade, de forma rápida e sem estresse. Quem mora em São Paulo deve saber o quanto é difícil chegar ao centro da cidade e arrumar um lugar para estacionar.

Continue lendo

Vivendocidade presente na apresentação do protótipo do PedalUSP

Estivemos presentes na apresentação do protótipo do PedalUSP, sistema de empréstimo de bicicletas que será implantado no campus do Butantã.

.

bicicleta-usp-pedalusp

.

O projeto, parecido com o sistema que já funciona na França, tem por objetivo o estímulo ao exercício físico, mas também o transporte entre os prédios do campus, como por exemplo o Hospital Universitário, o Centro de Práticas Esportivas, e o Bandejão Central, que são as áreas de maior trânsito da comunidade usp.

No geral, estamos bastante empolgados com o projeto e esperamos agora a possibilidade de testar efetivamente (ou mesmo se meu fôlego vai aguentar as pedaladas).

De forma simples, ao liberar a bicicleta, o usuário terá uma hora para sua utilização, podendo devolver no mesmo local de empréstimo, ou mesmo em qualquer outra estação, consequentemente, deve ser próxima ao seu destino.

Juntamente com a apresentação do projeto, respondemos a uma pesquisa de opinião para determinar quais os pontos dentro do campus possuem mais demanda para a instalação das estações.

Sobre as linhas internas de ônibus, nada se falou, mas entendemos que uma iniciativa não anula a outra, pois são públicos distintos.

.

Seguem algumas fotos:

.