Arquivo da tag: trânsito

Parar na faixa de pedestre virou lei. Precisava?

Nobre leitor do Vivendocidade. Depois de um longo e tenebroso inverno que congelou meu desejo e minha paixão por escrever, volto, mas sem periodicidade certa para tratar da mais nova lei na cidade de São Paulo.

Agora em São Paulo é obrigatório que os carros parem na faixa de pedestre para que estes possam atravessar, mas somente onde não haja semáforo.

 

abbey_road

 

Recentemente publiquei em meu facebook uma foto tirada em um banheiro onde recados impressos em folha A4 solicitava que a tampa fosse levantada e que a descarga fosse dada após o uso. Cá entre nós, precisa disso? Isso não deveria ser o mais básico das normas de higiene, boa convivência, etc, etc?

O mesmo se aplica para uma lei que obrigue você a parar na faixa de pedestre. Isso deveria ser o mais básico do básico. Mas não, afinal nós somos brasileiros e talvez se ainda estivéssemos sob a batuta do presidente Lula, ele diria que isso é um problema cultural.

No primeiro dia de fiscalização da nova lei, foram registrados na cidade 14 atropelamentos. Nada mal.

Aqui na Cidade Universitária essa prática já é um pouco comum, e muitas vezes até já motivaram colisões traseiras promovidas por apressadinhos sem causa. Óbvio que ainda há muito o que se melhorar nessa questão, mas acho que a lei poderá contribuir para a melhora. Que fique bem claro que: quando eu disse que não precisava de uma lei para esse tipo de coisa é porque eu esperava que a espécie humana fosse capaz de perceber necessidades comuns. Mas até isso penso que é pedir demais.

Temos um sério contraste de valores em nossa vida. Isso tanto é verdade que quando motoristas param na faixa, os pedestre ficam espantados com a atitude.

Não quero deixar esse post meio que entreaberto, mas quero deixar uma pergunta ao leitor. Que outras leis serão necessárias para que tenhamos um povo mais civilizado? Participe, deixe sua sugestão nos comentários. Analisaremos e escreveremos sobre o assunto.

A diferença que o tempo faz

 
 

As vezes é muito difícil escolher um assunto para falar, principalmente porque nossos jornais estão recheados de fatos dos mais inusitados, triviais e cotidianos que pode acontecer em uma civilização.

 

heavy-traffic-trânsito

 

Pensando nisso, minha coluna de hoje quer mostrar para você leitor, que não mora na maior e mais impressionante cidade do país, que meros 10 minutos fazem toda a diferença.

Hoje eu sai de casa apenas 10 minutos antes do horário normal e cheguei ao meu destino 40, isso mesmo nobre leitor, 40 minutos antes. É simplesmente impressionante e matematicamente, quase inexplicável.

Continue lendo

Um dia de fúria no RS

 
 

As cenas do atropelamento dos ciclistas no RS são chocantes e quem ainda não viu, eu não aconselho. Pois não acrescentará nada ao seu dia tranquilo.

 
dia-furia-michael-douglas
 

Não pude deixar de lembrar, de forma imediata, do filme “Um Dia de Fúria[bb]“. E muitas das vezes sentimos vontade de estar na pele de Michael Douglas, sentimento que faz parte da natureza do ser humano, mas que não devemos, nem deixar aflorar, nem mesmo “dar corda”.

Aqui em São Paulo temos situação semelhante, mas que não diz respeito a protestos. Toda manhã, dezenas de ciclistas tomam determinadas ruas da Cidade Universitária travando uma batalha feroz com pedestres e motoristas. Alguns problemas já ocorreram, mas é perfeitamente possível conviver harmonicamente.

Por mais que quando estamos atrás do volante parecemos ser os senhores da criação, nada, absolutamente nada justifica o ato impensado daquele motoristas e de tantos outros que usam de suas máquinas para matar e morrer.

 
lesma-transito
 

A disputa pelo espaço, cada vez mais escasso nos grandes centros, deve ser precedida de muita cautela e espírito tranquilo, para evitar que nossos familiares tenham dias difíceis.

A punição do motorista que fez de seu carro uma bola de boliche e das bicicletas pinos, deverá ser exemplar. É necessário que as autoridades fiquem de olho, porque o sujeito já apelou para problemas de saúde e poderá escapar numa boa.